INICIAL PROJETO CORRIDA DE AVENTURA DESASTRES NATURAIS VÍDEOS FOTOS POLÍCIA MILITAR CURSOS CONTATOS
 

 

 

 

- O QUE É?

- NOTICIAIS

- MATERIAIS

- CAPACITAÇÕES
  1ª
  2ª
  3ª
  4ª
  5ª
  6ª

- BREVES

         
 

PRONTIDÃO GEOGRÁFICA PREVENTIVA

SALVANDO VIDAS PELA PREVENÇÃO 

PEP x PGP? 

PEP (Prontidão Escolar Preventiva) o projeto criado no 13º BPM e desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação em 2010, sendo atualmente coordenado e realizado pelo 13º BPM pelo 1º   Sargento pmfn JELSON SALDANHA MACIEL, através do 13º Batalhão de Polícia Militar. hoje Prontidão Geográfica Preventiva

1- Introdução ao programa PGP
2- Desastres naturais e segurança (tempestades, terremotos, inundações e movimentações de terra)
3- Primeiros socorros parte teórica e prática
4- Prevenção e fuga de incêndio
5- Procedimento em caso de seqüestro e artefato explosivo e pessoa armada ;
6- Rotas de fuga e situações de risco
7- Montagem da Brigada de Emergência 
8- Execução de como agir na PGP
9- As relações da sociedade civil para a otimização de resultados

     O principal objetivo é capacitar os diretores, pedagogos e representantes de NRE para que na escola em que estes atuam, sejam multiplicados os conhecimentos adquiridos, além de montar uma Brigada de Emergência para auxiliar caso exista algum evento danoso na escola. 

 

 

NOTÍCIAIS

 

 

Capacitação em desastres naturais para alunos e professores

Os educandos da Unidade Educacional Colégio Social Madre Clélia, estão participando do Projeto de Capacitação em Desastres Naturais, que tem por finalidade instruir e treinar um conjunto de atitudes que devem ser postas em prática em caso de ocorrência de fenômenos naturais extremos, tais como: terremotos, vendavais, incêndios, desabamentos, entre outros.

O Projeto está sendo desenvolvido pelo 1º Sgt. Jelson Saldanha Maciel, do 13º Batalhão de Polícia Militar do Estado do Paraná, durante o período de 06 a 17 de abril de 2015.  O treinamento consiste em praticar a proteção pessoal em caso de desabamentos (APA – Abaixar, Proteger e Agarrar) e o pedido de socorro (SOS), por meio da produção de som. Na conclusão do Projeto haverá o treinamento de abandono do prédio, onde todos os alunos deverão deixar a sala de aula e se dirigirem para um ponto de encontro, previamente definido.

As orientações que os educandos estão recebendo sobre os procedimentos a serem postos em prática em caso de sinistros, servem para qualquer lugar. Nunca saberemos quando irá ocorrer um desastre e também, não em que local estaremos – em casa, no shopping, na rua, na escola, no trabalho, entre outros. Mas as atitudes a serem adotadas para minimizar os riscos serão sempre as mesmas. Por essa razão solicitamos aos pais para que estimulem os educandos a repassarem os procedimentos para toda a família.

Veja matéria completa em: http://madreclelia.redesagradosul.com.br/noticias/capacitacao-em-desastres-naturais/




 

PGP EM ESCOLA PARTICULAR PROFESSORES


 
veja a matéria neste link
http://www.passionista.com.br/nossasenhoramenina/default.aspx?section=12&article=1915

 

veja as fotos no link abaixo

http://nossasenhoramenina.passionista.com.br/default.aspx?section=22&galleryId=496




 

ESCOLA É EXEMPLO

              Enquanto falamos da tragédia da Escola do Rio de Janeiro o Colégio Estadual Etelvina Cordeiro Ribas procura aperfeiçoar a PEP para salvar vida, veja

       Professores, funcionários e alunos do Colégio Estadual Etelvina Cordeiro Ribas, em Curitiba, com o auxilio do Sargento Jelson participaram nesta terça-feira (12/04/2011) de simulações de situações de emergência que podem ocorrer na escola. A iniciativa é uma das ações presentes no Programa de Prontidão Escolar Preventiva (PEP) e tem como objetivos capacitar e treinar estas pessoas para proceder corretamente mediante desastres naturais, fuga de incêndio ou artefato explosivo. Foto: SEED

      

Escola simula situações de emergência para treinar professores, funcionários e alunos - 12/04/2011 18:40

          Professores, funcionários e alunos do Colégio Estadual Etelvina Cordeiro Ribas, em Curitiba, participaram nesta terça-feira (12) de simulações de situações de emergência que podem ocorrer na escola. A iniciativa é uma das ações presentes no Programa de Prontidão Escolar (PEP) e tem como objetivos capacitar e treinar estas pessoas para proceder corretamente mediante desastres naturais, fuga de incêndio ou artefato explosivo.

          Os estudantes são instruídos e treinados a responderem da maneira correta caso aconteça uma emergência na escola. “É preciso saber se comportar de maneira adequada, porque cada emergência possui sua peculiaridade, que exige procedimentos diferentes”, explicou o sargento Jelson Saldanha Maciel, do 13º Batalhão da Polícia Militar.

          Ele está no colégio desde o início do mês realizando palestras com os estudantes que estudam à tarde. Na segunda-feira (11), os 490 alunos levaram cerca de sete minutos para evacuação do prédio. As simulações de emergência estão sendo realizadas primeiramente com as turmas de 5ª, 6ª e 7ª séries. “Precisamos criar uma cultura sobre o tema, começamos com estas séries porque há um grau menor de resistência”, disse o diretor do colégio, Adilson Luiz Tiecher. Ele espera também que estes alunos, com o passar do tempo, também ajudem a contribuir com este trabalho com as futuras turmas do colégio.

          Na simulação são tocadas duas sirenes. A primeira, mais curta, indica que os estudantes devem se abaixar e ficar ao lado da carteira, protegendo a cabeça. No sinal mais longo, os estudantes precisam se organizar um atrás do outro em fila única e deixar a sala de forma organizada. As turmas devem se organizar para fazer o mesmo procedimento e irem ao pátio da escola com segurança. Professores e funcionários também participam da simulação organizando os estudantes.

          Para o aluno da 6ª série, Lucas Henrique de Melo, a atividade é importante porque ensinou a trabalhar de forma organizada com os seus colegas. “Espero que nunca precisemos, mas quando algo acontecer, temos que estar preparados para qualquer emergência”.

          Esta não é a primeira ação da escola em relação ao PEP. Em março do ano passado, a direção e equipe pedagógica foram capacitadas em curso do programa. Em maio, foi a vez do professores, funcionários e membros da Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF) receberem treinamento. O colégio também criou a sua brigada de emergência.

          PEP - O Programa de Prontidão Escolar (PEP) é desenvolvido pela Secretaria Estadual de Educação em parceria com a Polícia Militar do Paraná, por meio do Comando do Corpo de Bombeiro, do Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária, 13° Batalhão de Polícia Militar, Cia Choque, por meio do Comandos e Operações Especiais (COE).

          O objetivo é capacitar os diretores, pedagogos e representantes de Núcleos Regionais de Educação para que sejam multiplicadores dos temas que envolvem o programa nas escolas em que atuam ou atendem. Também existe a orientação para montar uma brigada de emergência para auxiliar em casos de situações danosas na escola.

          O programa aborda temas que envolvem desastres naturais (vendavais, terremotos, raios e tempestades), primeiros socorros, prevenção e fuga de incêndio, procedimento em caso de sequestro e artefato explosivo, rotas de fuga e situações de risco.

Veja a matéria completa clicando aqui

Confira o áudio desta notícia

Links para estas notícias:
1- Dia a Dia Educação
2- Agencia de Notícias do Estado
3- Olho aberto Curitiba
4- proerdBRASIL.com.br

 

 

 

MATERIAIS

PROGRAMA PRONTIDÃO ESCOLAR PREVENTIVA - PEP

           De Fevereiro a dezembro do corrente ano, acontecem capacitações, encontros, treinamentos para a Implantação do Programa Prontidão Geográfica Preventiva – PGP. O Programa tem caráter preventivo, interdisciplinar e permitirá a criação das Brigadas de Emergência para enfrentamento de situações de risco em nos estabelecimentos de ensino OU não.

           O objetivo é implantar uma nova cultura escolar, por intermédio do conhecimento teórico e prático de temas como Primeiro Socorros, Desastres Climáticos, Sinistros Causados pelo Fogo, Prejuízos Causados por Bombas e Artefatos Explosivos e violência urbana. Acreditamos que, ao aplicarmos, com o auxílio de metodologias apropriadas, estes conhecimentos, na vida em sociedade, o aluno terá oportunidades de desenvolver habilidades e utilizar de forma apropriada rotinas e procedimentos corretos em situações de risco.

           As transformações climáticas hoje enfrentadas e o número cada vez maior de casos de violência, não só nas escolas, como em todos os eixos da sociedade, nos dão a certeza de que com o Programa PGP, estamos no caminho certo para prepararmos nossos alunos para a efetiva cidadania, oferecendo-lhes além do conhecimento técnico-acadêmico, também aquele que o formará um cidadão ciente do que representa viver em sociedade.

 

 

CAPACITAÇÕES REALIZADAS


1ª Capacitação

2ª Capacitação

3ª Capacitação

4ª Capacitação

5ª Capacitação

6ª Capacitação

7ª Capacitação

- treinamentos

 

 

BREVES

CÓDIGO MORSE DESASTRES NATURAIS1 DROGAS EXPLOSÃO HOMEM ARMADO
INCÊNDIOS INUNDAÇÕES PRIMEIROS SOCORROS RAIOS SOCORRO AÉREO
 
SOCORRO AQUÁTICO TEATRO TERREMOTOS TORNADOS  

 

Clique aqui para ver FOTOS da Prontidão Geográfica Preventiva

 

Clique aqui para ver VÍDEOS da Prontidão Geográfica Preventiva

 

 

 

 

Melhor visualizado em 1024x768
© Copyright 2015 www.anjosdotempo.com.br -  (41) 3212-2200 ou 9889-1004
 Todos os direitos reservados.